sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Capítulo 1

Pov. Zachary
Levantei primeiro que a Vanessa como de costume, a nossa vida em Nova York ia muito bem obrigado. Eu comecei a dar aulas em uma escola de ensino médio a algumas semanas, dava aulas pela manhã e a partir de hoje começaria a dar aulas no período da tarde também, o que pra mim não era problema já que Vanessa passava o dia todo fora, ia pra faculdade de manhã e trabalhava a tarde ou seja eu passei muitas tardes jogado no sofá da sala assistindo algum programa bobo.
Segui para o banheiro e assim que terminei meu banho e minhas higienes matinais comecei a me vestir, Vanessa ainda dormia e era sempre assim acorda-la era um verdadeiro desafio. Depois de devidamente arrumado eu desci indo direto pra cozinha e preparando nosso café da manhã, assim que terminei subi as escadas e sentei na cama ao lado dela.
- Amor? –chamei baixo enquanto tirava os cachos do seu rosto. Ela resmungou e fez um bico fofo, sorri olhando para os lábios dela e imediatamente lembre-me de Jade o pouco tempo que passei com aquele pedacinho de gente foi o suficiente pra me deixar com saudades dela e uma enorme vontade se tornar pai. –Acorda morena. –pedi depositando beijos em sua bochecha e lábios.
- Cinco minutos, por favor. –ela pediu com o tom de voz rouca.
- Não V, estamos quase atrasados.
- Quase. –ela falou ainda de olhos de fechados. –Posso dormi mais um pouco e quando estivermos atrasados eu levanto.
- Não vai levantar por bem? –perguntei e ela negou. –Ok. –peguei um copo que estava em cima do criado mudo e fui ate o banheiro, enchi o mesmo com agua e voltei para a cama dessa vez ficando em pé posicionei o como na direção exata do rosto dela e sem qualquer pena derramei toda agua em seu rosto. Vanessa levantou em pulo com uma expressão assustada e eu comecei a ri.
- Porra Zachary! –ela gritou com raiva e quase me mantando com o olhar.
- Já tá de banho tomado. –falei em meio a risada enquanto a olhava a mesma revirar o guarda-roupas atrás de algo pra vesti.
- Seu gay. –ela falou me olhando e eu parei de rir.
- Gay? –perguntei e ela assentiu com a cara mais deslavada do mundo. Avancei em sua direção com passos largos e quando estava perto o suficiente a agarrei pela cintura colando nossos corpos, como resposta recebi um gemido baixo e antes que ela pudesse se pronunciar selei nossos lábios. Pedi passagem com a língua e é claro ela cedeu, Vanessa já estava com as costas na parede eu a prensava cada vez mais contra o meu corpo, minhas mãos percorriam pelo seu corpo, apertava seus seios com uma força um tanto desnecessária mas eu sabia e muito bem que ela não se importava.
Desci minhas mãos para a sua cintura e quando me dei conta ela já estava em meu colo com as pernas envolta de minha cintura, segurei em sua bunda, quando o ar faltou finalizei o beijo com uma mordida em seus lábios. Fiz a mesma sair de meu colo e antes de solta-la lhe dei um rápido selinho.
- Zachary! –ela me chamou praticamente gritando enquanto ia saindo do quarto, parei perto da porta e virei para olha.
- O que? –me fiz de desentendido.
- Você me deixa excitada e depois sai andando? –ela cruzou os braços na altura do peito. Ri da sua cara de frustrada e por um momento achei que ela seria capaz de sei lá soltar algum tipo de raio laser pelos olhos. –E você ainda ri?
- Te espero pra tomar café comigo. –respondi com um sorriso nos lábios e sai de lá rindo da situação, ok, não era tão engraçada ate porque eu também estava excitado.
- Vai ter volta Efron. –ouvi ela gritar sendo seguido por som de porta sendo batida com uma força desnecessária.


******

Pov. Vanessa
Otimo! Com um namorinoivo como esse eu não preciso de mais ninguem me deixando completamente excitada e ir embora logo depois. E sim não está errado Zachary é meu namorinoivo, meu namorado, meu marido e meu noivo, é assim que eu chamo o meu relacionamento com ele. Segundo a minha mãe “juntou as escovas de dentes já estão casados” e era isso que ela dizia pra qualquer ser que perguntasse de mim “casou e esta em Nova York fazendo faculdade” já pro meu pai seriamos casados só depois que eu entrasse na igreja vestida de noiva e toda aquela tradição de sempre. Já pra mim tanto faz, eu realmente nunca sonhei com isso de casamento e do jeito que está na minha humilde opinião está perfeito mas o meu querido namorinoivo queria sim casar mas a gente resolve isso depois.
Terminei meu banho e minhas higienes matinais descendo logo em seguida, Zachary estava sentado na mesa e ja comia, não demorou muito para que terminassemos saindo logo em seguida. Era sempre a mesma coisa todas as manhãs, eu e Zachary iamos juntos ate o centro ele me deixava na faculdade e seguia para o trabalho, na hora do almoço ele vinha me buscar almoçavamos juntos e depois cada um voltava pros seus compromisos.
- Almoça comigo? -ele perguntou me olhando assim que parou o carro no estacionamento.
- Hoje eu não posso. -fiz um boco fofo. -Tem uma reunião importante justo na hora do almoço.
- Tudo bem. -ele sorriu fraco. -É melhor você ir ou alguém vai enlouquecer de tanto esperar. -ele falou se referindo a Sarah, ela acabou se tornando uma amiga, nada comparado a Ashley ou Selena mas ela aos poucos foi se tornando especial e quando me dei conta ja estavamos amigas.
- Nós vemos a noite. -depositei um selinho rapido em seus labios e sai do carro indo em direção a Sarah. -Bom dia loira. -a abraçei de lado e depositei um beijo em sua bochecha. Ela era realmente muito bonita, era um pouco mais baixa que eu, tinhas os cabelos meio loiros, eles eram ondulados e ia ate a altura de seus ombros ,sua pele era branca  e seus olhos eram verdes.
- Bom dia. -ela fez o mesmo, me abraçou e depositou um beijo em minha bochecha. -Já disse o quanto seu boy é gostoso?
- Tira o olho do meu homem. -falei tentando fazer um tom de voz ameaçador.
- Só me tira uma duvida. -ela pediu e eu sabia que la vinha merda.
-  Fala. -parei de andar e a encarei.
- Como é ter um orgasmo causados por aquele deus grego?
-Sarah vamos logo ok? -falei rindo e voltando a andar.


*****

Pov. Zachary
A manhã passou rápido para a minha alegria, optei em ir almoçar em um restaurante próximo ao colégio mesmo já que hoje Vanessa não poderia ir almoçar comigo. Quando voltei fui direto pra sala do senhor Charlie o diretor do colégio, entramos em uma conversa amigável ele apenas me alertou que algumas meninas do turno da tarde eram bem atiradas e que se eu tivesse problemas poderia mandar qualquer um imediatamente pra sua sala.
- Eu vou acompanhar você ate a primeira sala. –o senhor Charlie falou assim que ouvimos o sinal tocar. Andamos pelos corredores até chegarmos a sala do 2ª ano C, dei passagem para o senhor de meia idade e entrei logo em seguida. –Boa tarde pessoal. –ele falou sorrindo simpático.
- Boa tarde. –alguns alunos se deram ao trabalho de responder outros apenas me encaravam.
- Como vocês sabem a professora Cintia está de licença maternidade e como substituto convidamos o professor Efron. –ele apontou em minha direção e eu dei um breve aceno. –Bom Efron essa é sua nova turma, sinta-se a vontade e qualquer coisa pode me chamar.
- Obrigado senhor Charlie, mas acho que nos daremos bem e não será necessário a sua presença por aqui, não é mesmo gente? –falei olhando para os alunos e eles concordaram. Charlie saiu logo em seguida e como de costume fechei a porta e sentei na mesa. –Boa tarde. –falei sorrindo.
- Ótima tarde. –uma aluna falou mordendo o lábio inferior e eu apenas revirei os olhos.
 – Que tal se apresentar professor? –um aluno sugeriu.
- Me chamo Zachary Efron, tenho vinte e oito anos, e dou aula nessa escola a poucas semanas. Perguntas?
- Eu. –a aluna que tinha sido a primeira a falar levantou um dos braços.
- Pode falar. –falei serio, sim eu teria algum tipo de problema com aquela menina.
- É casado?
- Noivo. –falei mostrando a enorme aliança que estava em meu dedo.
- Droga. –ela resmungou baixo.
Ignorei qualquer tipo de cantada que recebi e deixei bem claro o quanto estava feliz por ter uma mulher que amo ao meu lado. As horas passaram rápidas e quando me dei conta já era a hora do intervalo, caminhei a passos lentos ate a sala dos professores e que diferente do turno da manha estava vazia. Sentei no pequeno sofá que tinha ali e retirei meu celular do bolso disquei o numero de Vanessa e conversamos rapidamente assim que desliguei vi a porta ser aberta e uma figura feminina passar por ela.





Hey my girls,
Primeiramente gostaria de desejar FELIZ ANO NOVO,que todos seus sonhos se realizem,muita PAZ,muiitoo AMOR,SAÚDE,SUCESSO e para solteiras quem sabe não apareça um Zac Efron nas nossas vidas hehe
Espero que gostem do capítulo,eu sei que tá pequeno,mas o próximo vai ser enorme prometo
Bom é isso
até qualquer hora
xoxo
                     
FELIZ 2016                

3 comentários:

  1. Aaah quem é essa pessoa que entrou na sala??estou hiper curiosa. Posta mais logoo por favor

    ResponderEliminar
  2. Amei o capítulo ♡♡♡
    Tenho uma leve impressão que a Vanessa vai ficar com um pouco dr ciúmes do Zac
    Continua logo Anne
    Xx

    ResponderEliminar
  3. Feliz ano novo tudo de bom pra vc e sua familia bom acho q essa pessoa vai causar problemas na vida de zanessa ai coracao fica alarmado achando q esse e o cap q eles vao terminar mega ansiosa amei posta mais
    Xoxo

    ResponderEliminar