sábado, 10 de outubro de 2015

Capítulo 5

- Ué pra onde vocês estão indo? – Vanessa perguntou assim que entrou em casa e viu algumas coisas espalhadas pela casa.
- Esse final de semana é o nosso aniversario de casamento esqueceu? –Gina falou olhando-a.
- Totalmente. –Vanessa sentou-se no sofá. – E pra onde vocês vão?
- Vamos passar o final de semana em um Resort. –Greg falou sorrindo e abraçando a esposa de lado.
- Você sobrevive não? –Gina falou preocupada.
- Claro né dona Gina eu não tenho mais cinco anos, vão e divirtam-se.
- Você pode ir pra casa das meninas se acha melhor, sei lá pra não ficar sozinha.  –Greg deu a ideia.
- Eu resolvo isso depois. –Vanessa falou sorrindo.
- Então vamos amor? –Gina falou olhando para o marido.
- Vamos.
- Segunda estamos de volta. –Gina falou e depositou um beijo na bochecha da filha.
- Comporte-se mocinha. –Greg falou e Vanessa apenas revirou os olhos rindo em seguida.
- Juízo vocês dois e não voltem com um bebê a caminho. –Vanessa falou rindo seguida pelos pais que riram. Eles acenaram e Greg deu a partida logo em seguida, Vanessa virou-se para entrar mais antes de fechar a porta foi surpreendida por Giovanna. – Eu tô começando achar que você me ama.
- Não precisa sonhar tão alto. –Giovanna falou com um sorriso nos lábios.
- Fala logo o que você quer.
- Pelo visto você seguiu o meu conselho e se afastou do Efron.
- Pronto? Agora larga do meu pé. –Vanessa falou fechando a porta na cara dela. – Esse final de semana promete. –Vanessa falou rindo e subindo as escadas indo direto pro seu quarto.
Vanessa tomou um banho e vestiu uma roupa confortável logo em seguida, desceu as escadas e foi direto pra cozinha preparando alguma coisa pra comer, assim que terminou arrumou a bagunça e se jogou no sofá da sala ligando a tv.
Não demorou muito e seu celular começou a tocar, ela pegou e atendeu o mesmo vendo que era Selena
Ligação on:
- Fala minha vadia. –Vanessa falou assim que atendeu.
- Posso dormi com você hoje?
- Dormi? Desde quando vadia minha dorme? Tem que trabalhar minha filha. –Vanessa falou rindo.
- Idiota. –Selena riu junto. – Posso ou não?
- Claro que pode pessoa que me ama.
- Muito obrigada pessoa que amo, daqui a pouco eu apareço por ai.
- Ok.
Ligação off:
Vanessa desligou e voltou a deitar no sofá, alguns minutos se passaram e a campainha tocou a morena levantou e foi abrir mesmo sabendo que era Selena.
- O Jonas não compareceu hoje não? –Vanessa perguntou sentando ao lado da amiga.
- Não. –ela falou fazendo um bico. – Disse que ia sair com o Zachary e o tal Taylor.
- Como assim com o Zachary? –Vanessa perguntou curiosa afinal o moreno não a informou que iria cair na noitada, não que ele devesse satisfação ou pedir permissão, mas pra Vanessa era forma de respeito afinal ele não tinha nada a esconder ou será que tinha?
- Os três vão pra balada. –Sel falou como se fosse obvio. – Por que a preocupação? Tá com ciúmes do Zachary? –ela falou depois que viu Vanessa ficar emburrada.
- Claro que não, nem tenho motivos pra ficar com ciúmes.
- Hum sei.
- E a Ashley? Por que ela não veio?
- Ela disse que esse final de semana ia ficar com uma prima nossa que teve filho recentemente.
- Ashley e sua bondade.
- Põe bondade nisso.
- Bora fazer brigadeiro? –Vanessa falou levantando.
- E pipoca doce, sessão cinema? –Selena perguntou rindo sapeca.
- Só se for pra assisti Friends.
- Que seja. –Selena falou rindo e as duas seguiram pra cozinha.

****

- Por que a gente não vai a um barzinho? –Zachary perguntou olhando para Nick.
- Para de ser chato e vamos logo. –Nick colocou pressa.
- Nick me diz o que a gente vai fazer em uma boate? Pelo o que eu lembre você namora a Selena e vai milhares de juras de amor então meu caro você não vai trai-la.
- Você tem toda razão. –ele concordou. – Mais o Taylor e o meu bebê aqui são solteiros certo? Quero dizer o seu envolvimento com Vanessa não é nada serio ou tem mais alguma coisa rolando que eu ainda não sei? –Nick falou jogando verde.
- Eu acho que estou apaixonado pela Vanessa. –ele confessou.
- Não creio. –Nick falou fingindo está espantando. – O professor que jurou nunca se envolver com uma aluna está apaixonado justamente pela garota que briga desde o dia em que entrou naquele colégio, parabéns por perceber só agora. –ele falou batendo palmas.
- Perceber só agora?
- Fala verdade Zac. –Nick colocou a mão sobre o ombro do amigo. – Você sempre desejou a Vanessa e sabe também que lá no fundo, bem no fundo. –ele apontou para o peito do amigo. – Já tinha um sentimento por ela.
- Será?
- Claro né Zac, você sempre implicou com a garota e é como as pessoas falam “Onde há implicância, há amor.”
- É acho que você está certo.
- Pronto já desabafou né? Já confessou que tá ai apaixonado podemos ir?
- Pra um barzinho?
- Tá bom Zachary pra um barzinho. –Nick falou rindo e saindo logo em seguida sendo acompanhado por Zachary.

****

Já era madrugada e Selena estava no seu vigésimo sono, já Vanessa estava fritando na cama não saia de sua cabeça que Zac a essa hora estava em boate e provavelmente se esfregando com alguma mulher. Vanessa viu seu celular vibrar olhou no visor e sorriu involuntariamente ao ver quem era, levantou com todo cuidado para que Sel não acordasse e saiu do quarto descendo as escadas e sentando no sofá.
Ligação on:
- Achei que estava em uma balada a essa hora. –Vanessa falou assim que tendeu.
- Como é que você ficou sabendo?
- Selena.
- Ah claro. –ele riu. – Mas mudamos de ideia e decidimos ir pra um barzinho mesmo.
- Hum, onde você está agora?
- Na minha linda, confortável, e cheirosa cama, estava quase dormindo, mas eu precisava ouvir a sua voz.
- Você está bêbado não?
- Não por quê?
- Romantismo há essa hora só pode ser efeito do álcool.
- Quero ficar com você amanha pode ser?
- Claro, meus pais não estão em casa e eu pensei que você poderia me levar na sua casa do lago.
- Pego você as dez ok?
- Não sei se é uma boa ideia você vir aqui.
- Você mesmo disse que seus pais não estão em casa.
- Não é por causa deles…
- Giovanna. –ele a interrompeu.
- Exatamente.
- Então eu vou primeiro e um taxi vai pega-la e levar ate onde eu estou ok?
- Ok.
- Boa noite morena.
- Boa noite Efron.
Ligação off:
Vanessa sorriu boba depois de desligar, “é parece que isso está indo muito além do que apenas sexo.” Ela pensou e subiu novamente indo para seu quarto e se jogando na cama, diferente de antes ela logo dormiu.
- Você vai ficar bem sozinha? –Sel perguntou enquanto fazia o café da manha.
- Vai dá pro Jonas o que não deu ontem né? –Vanessa falou rindo.
- Cala a boca. –Selena jogou um pano de prato na amiga. – Por falar em dá como é que anda a nossa aposta?
- Vamos esquecer isso Selena. – Vanessa pediu.
- Claro que não.
- O Zachary não vai dormir comigo, eu sou aluna dele. –Vanessa mentiu.
- É claro que vai amiga é só você fazer do jeito certo.
- Virou professora agora? –Vanessa riu.
- Opa se pagar bem eu dou umas aulinhas teóricas já as praticas você chama o Zachary.
- Você é ridícula, muito ridícula. –Vanessa riu alto. – Que horas você vai ver o Jonas?
- Ah só a noite lá pelas oito horas mais ou menos.
- Então Selena Gomez é minha durante o dia?
- Sou sua amiga. –ela falou rindo. – O que vamos fazer?
- Compras?
- É preciso mesmo de algumas roupas novas.
- Não faz essa cara de safada ok?
- Impossível é a única que eu tenho. –Selena riu alto e Vanessa a acompanhou.
As duas terminaram de tomar o café da manha em meio a conversas e risadas, saindo logo em seguida.
Vanessa estava em loja e escolhia uma roupa enquanto Selena estava no provador, assim que achou o que procurava caminhou em direção ao provador. Assim que entrou retirou a sua blusa e o short jeans que usava ficando apenas de lingerie quando viu a cortina se abrir e quando virou pra ver quem era foi surpreendida por um beijo.
- Seu louco. –ela falou rindo após apartar o beijo porem ele continuou a presando entre o espelho e seu corpo. – Como você conseguiu entrar aqui?
- Conseguindo. –ele falou rindo.
- E se você tivesse entrado na cabine errada? –Vanessa falou e se remexeu um pouco esfregando seu corpo no dele.
- Impossível. –ele falou e se mexeu provocando mais contato corporal. – Eu reconheço a sua bunda em qualquer lugar. –ele se mexeu novamente e Vanessa gemeu baixo.
- Bom saber. –ela falou com a voz falha.
Aquele roça-roça todo já estava deixando ambos excitados, o membro de Zachary roçava a intimidade da morena que gemia baixo aumentando ainda mais o tesão que ele sentia. As mãos dele saíram da parede e voaram de encontro a cintura dela onde apertou forte e a trouxe para mais perto de sim, tomou os lábios dela em um beijo quente e cheio de desejo.
Suas mãos saíram da cintura indo direto pra os seios dela onde apertou com toda força fazendo ela gemer baixo, retirou o mesmo com agilidade e abocanhou um deles.
- Vanessa? –Selena chamou porem ele não parou.
- Aah… Oi. –ela acabou deixando um gemido escapar.
- Voce esta gemendo Vanessa Anne? –Selena perguntou espantada e ao mesmo tempo segurando a risada.
- Ge… gemendo? Não. –ela tentou manter-se firme, coisa que era impossível já que Zachary começou a estimular o clitóris da mesma.
- Então sai eu quero ver como ficou o short.
- Ah droga. –ela praticamente gritou ao gozar nos dedos de Zac, ele riu satisfeito e retirou a bermuda junto com a box,  segurou Vanessa no colo e a mesma envolveu as pernas na cintura dele e sem qualquer cerimonia a penetrou. –Oh céus.
- Amiga você está bem?
- Selena só me espera ok? Lá fora. –ela falou entre os gemidos.
- Ok.
Mais algumas estocadas e Vanessa gozou novamente, Zac se movimentou mais um pouco e não demorou muito para que ele também chegasse ao seu clímax, ele  sentou em um pequeno puff que tinha ali com Vanessa ainda conectado ao seu corpo.
- Louco. –Vanessa falou rindo e lhe dando um selinho.
- Uma certa morena causa isso em mim.
- Eu nem faço ideia de quem seja. –ela se levantou e começou a se vestir. –É melhor você sair antes que alguém nós pegue aqui.
- Agente se vê à noite ok? –ele perguntou depois que estava devidamente vestido.
- Ok.
- Até mais tarde então. –ele roubou um selinho e saiu logo em seguida a deixando com um sorriso bobo nos lábios.
- Que porra estava acontecendo naquele provador? –Selena perguntou assim que Vanessa terminou de pagar pelas compras e parou ao seu lado.
- Gemidos? –Vanessa se fez de desentendida. – Tá doida?
- Vanessa Anne eu sei que tem alguma coisa rolando e você não quer me contar. –Selena a olhou e Vanessa apenas a puxou pelo braço a fazendo andar.
- Onde é que vamos almoçar? –a morena mudou de assunto.
- Você não vai mesmo falar né?
- Onde é que vamos almoçar? –ela perguntou novamente dessa vez rindo ao ver a cara de frustrada da Selena.
- Vaca. –Sel falou rindo e desistindo de arrancar alguma informação de Vanessa.
- Que você ama e não vive sem.
- Já que não vai falar vamos comer que é o melhor. –Selena a arrastou ate a praça de alimentação. As duas optaram por comida japonesa após fazerem os pedidos sentaram-se em uma mesa. –Olha só quem vem ai. –Selena falou ao ver Nick e Zachary se aproximando.
- Olá meninas. –Nick falou sorrindo para Vanessa e lançando um olhar para Selena. –Podemos sentar? –ele perguntou olhando-as.
- Podem sim. –Vanessa falou rindo fraco e assim eles fizeram Nick sentou-se ao lado de Selena, e Zachary sentou-se ao lado de Vanessa. Os quatro entraram em um papo amigável que nem viram o tempo passar ate Nick se levantar alegando que iria comprar algo Selena levantou e o acompanhou porém na mesma hora voltou.
- Amiga você se importa em ir pra casa sozinha? –ela falou recolhendo suas sacolas.
- Se eu disser que sim você fica?
- Não. –Selena falou rindo.
- Que ótima essa minha amiga. –ela falou rindo. –Pode ir.
- Te amo morena, a gente se vê amanha. –ela virou e olhou para Nick que estava parado um tanto afastado. – Ou não. –ela riu.
- Safada. –Vanessa falou baixo e Selena riu mais ainda saindo logo em seguida.
- No que você está pensando Efron? –Vanessa perguntou ao ver que ele a olhava com uma cara safada.
- Sabe o que seria excitante Hudgens? –seu tom de voz era rouca e provocadora, só com isso Vanessa sentiu um fogo subir pelo seu corpo. Ela balançou a cabeça em negação e ele se aproximou do ouvido dela. – Transar com você no estacionamento desse shopping.
Ok aquilo era para ter deixado a morena com um certo medo, porem aquelas palavras ditas em um tom de voz tão provocante era um convite, convite esse que ela jamais poderia negar.
- Então vamos matar esse desejo Efron. –ela passou a mão sobre uma das coxas do moreno chegando ate o seu membro onde o apertou levemente.
- Aqui. –ele falou passando as chaves do carro para ela. –Vai pelo elevador e eu vou pela escada rolante, entra no carro e me espera. –ele falou e levantou pegando as suas sacolas. Seguiu direto para o elevador e riu satisfeita por conseguir deixa-lo excitado com tanta facilidade.
Vanessa chegou primeiro onde o carro estava estacionado e já que ele não havia chegado ainda aproveitou e colocou suas sacolas no porta malas e entrou no carro, não demorou muito e ela viu a porta de trás ser aberta e Zac entrando logo em seguida.
- Isso é loucura. –ela falou virando para olha-lo.
- Eu prefiro dizer que isso é excitante. –ele retirou a blusa e a bermuda logo em seguida ficando apenas de cueca box.  – Qual é Hudgens vamos acabar com isso. –ele falou com a voz rouca. Vanessa se rendeu e pulou para o banco de trás sentando no colo dele com uma perna em cada lado.
- Por que você esta tão insaciável? –ela perguntou olhando-o.
- Você me deixa completamente louco morena. –ele pegou das mãos e levou ate o seu membro que já se encontrava duro e exprimido pela cueca.
- Vamos acabar logo com isso, por favor. –Vanessa suplicou e Zac sorriu satisfeito afinal não era só ela que tinha efeitos sobre ele, o mesmo acontecia com  ele, ele tinha efeitos sobre ela e aquilo era maravilhoso para ambas as partes.
Vanessa se ergueu um pouco e retirou seu short e sua calcinha de uma vez, Zac aproveitou e retirou sua box a morena voltou para o colo dele mais antes de penetrar pincelou sua glande  pela entra dela que já se encontrava úmida. Vanessa mordeu o lábio inferior evitando que um gemido alto ecoasse daquele carro.
- Tão gostosa… –a única resposta que Vanessa se permitiu a dar foi um gemido abafado. – E tão apertada… – sua mão que antes segurava firme a cintura dela voou de encontro a sua bunda, onde ele apertava com força e ao mesmo tempo a ajudava com os movimentos, que eram frenéticos e rápidos.
Se alguém passasse por ali e olhassem em direção ao carro saberia que coisas digamos pervertidas estava acontecendo naquele carro, sem contar os gemidos que Vanessa não conseguia conter e acabava soltando.
- Ah caralho… mais rápido… –Vanessa pediu entre os gemidos e assim ele fez os movimentos que antes eram rápidos se tornaram mais rápidos ainda, minutos depois Vanessa chegou ao seu clímax Zac continuou se movimentando lentamente buscando pelo seu clímax que não demorou muito.
Ambos já estavam devidamente vestidos, Vanessa passou para o banco da frente o lado do passageiro e Zachary assumiu a direção.
- Pra onde você quer ir? –ele perguntou olhando-a.
- Pra sua casa no lago pode ser? –ela falou sorrindo fraco.
- Não quer passar em casa antes? Sei lá pegar umas roupas essas coisas?
- Tem certeza? Sei lá vai que…
- Vanessa relaxa vai.
- Impossível Zachary ela esteve lá ontem…
- Como é? Ela foi lá ontem?
- Droga sempre falando demais. –Vanessa falou irritada consigo mesmo.
- Vanessa? –ele esperou uma resposta e respirou fundo.
- Não foi nada demais ok?
- Então por que você não falou nada na hora em que eu liguei?
- Porque você ia ficar puto da vida e ir direto na porta dela brigar e se isso acontecesse seria bem pior.
- Eu preciso falar com a Giovanna.
- Nem pensar. –Vanessa falou seria. – Eu não quero aquela mulher perto de você nem um minuto ouviu bem? –ela falou demonstrando ciúmes.
- Isso é ciúmes Vanessa?
- Ciúmes? –ela riu alto porem estava nervosa. – Claro que não.
- Admite morena. –ele falou rindo torto.
- Podemos ir ou não?
- Só quando você admitir que isso é ciúmes. –ele falou rindo fraco.
- Então vamos morar aqui. –ela riu alto.
- Ok, vamos embora mas escuta o que to dizendo, você ainda vai dizer que sente ciúmes da minha humilde pessoa.
- Nem morta. –ela falou rindo. – Cala boca e vamos logo.
Zac deu partida e saiu do estacionamento indo em direção a casa de Vanessa.
- E chegamos. –Zachary estacionou o carro em frente a casa do lago e desceu do carro abrindo a porta para Vanessa.
- Meu Deus essa casa é simplesmente perfeita. –ela falou de boca aberta admirando a mesma, a casa era grande e boa parte dela era vidros e não paredes.
-É eu adorava vir pra cá com o meu avo. –Zac sorriu com a lembrança. – Vamos entrar? –Vanessa consentiu que sim com a cabeça e Zac pegou a mochila que ela tinha levado com alguns dos seus pertences e entraram logo em seguida.
- E o que nós vamos fazer aqui? –Vanessa falou se jogando no sofá.
- Eu tenho ótimas ideias. –ele falou fazendo uma cara safada.
- Pode ser alguma coisa além de sexo?
- Você trouxe seu biquíni certo?
- Certo.
- Ótimo, aqui tem uma cachoeira e ainda esta cedo podemos ir ate lá.
- É claro que nós vamos. –ela falou sorrindo largo e pegou sua mochila subindo as escadas correndo.
- Os quartos…
- Não precisa eu já achei. –ela gritou o interrompendo. Minutos depois Vanessa desceu vestindo um short e a parte de cima do seu biquíni. –Você não vai se trocar?
Zachary subiu as escadas e desceu logo em seguida, segurou Vanessa pelo braço e saiu arrastando a mesma pra fora da casa e seguindo ate uma trilha que dava para floresta.




Hey meninas,
demorei mas aí está o capítulo,me desculpem pela demora tentarei postar amanhã dinovo ok,mas não é certeza
bom é isso
até qualquer hora
muchos besos
xoxo

4 comentários:

  1. Aaah que peefeitoooo, estou amando a fic e esta cada capitulo melhor. Faz um esforço pra postar amanha por favorr. Bjosss

    ResponderEliminar
  2. Sem coments pra esse capítulo.
    Esses dois são muito safados, hahaha
    Essa fic é completamente viciante
    Posta mais, xoxo

    ResponderEliminar