sábado, 3 de outubro de 2015

Capítulo 3

- Mais um dia nesse inferno. –Vanessa falou com a cara emburrada antes de entrar no colégio.
- Eu achei que você estava louca pra vir pro colégio. –Ashley falou a olhando e com sorriso nos lábios.
- Eu? Doida pra vir pro colégio? Bebeu Ashley?
- Ué depois da sua quase transa com o Zachary eu achei que você estaria louca pra vê-lo.
- Cala a boca Ashley. –Vanessa riu fraco. – Cadê a Selena?
- Preciso mesmo responder? –Ashley falou olhando-a com uma cara de como se fosse obvio onde a irmã estava.
- Vamos logo, entrar e esperar pela tortura. –Vanessa a puxou pelo braço entrando no colégio e indo direto para o armário delas.
- Aula de que? –Ashley perguntou pegando um livro de biologia.
- Ótimo. –Vanessa falou olhando os seus horários. – Em plena segunda-feira e o meu primeiro horário é educação física, eu mereço.
- Então a gente se vê depois. –Ashley depositou um beijo no rosto da amiga e saiu logo em seguida. Vanessa respirou fundo e seguiu para o vestiário, trocou de roupa e seguiu para quadra. – Ah mais eu não vou mesmo fazer essa aula hoje. –falou consigo mesmo e caminhou ate a professora.
- Que bom que chegou Vanessa. –Silvinha uma das professoras que tinha Vanessa como uma das melhores alunas a olhou sorrindo simpática.
- Silvinha meu amor. –Vanessa fez uma cara de quem estava quase morrendo. – Me libera, por favor, tô com uma puta cólica.
- Tudo bem. –Silvinha riu sabendo que era mentira. – Pode ir.
- Valeu gata. –Vanessa falou rindo e saiu logo em seguida. Silvinha se comportava de uma maneira diferente dos outros professores o que fazia com que Vanessa tivesse uma relação amigável com ela. Vanessa seguiu para o vestiário e assim que entrou sentiu alguém a puxando fazendo com que ela entrasse em um dos chuveiros. –Puta que pariu Zachary. –Vanessa falou com os olhos arregalados.
- Relaxa morena. –Zac riu fraco.
- Tá fazendo o que aqui?
- Procurando por você. –Zac depositou um selinho nos lábios dela.
- Você não devia está dando aula?
- Para todos os efeitos eu me atrasei hoje.
- Você é louco. –Vanessa falou rindo.
- Só um pouco. –ele falou rindo torto e se aproximando dela iniciando um beijo.
- Mais que pouca vergonha é essa? –Selena falou surpreendendo Vanessa e Zac que se beijavam.
- Ai. –Zac reclamou por ter batido as costas na parede por conta do empurrão que Vanessa havia lhe dado.
- Sua vadia. –Vanessa olhou para amiga a fuzilando com o olhar.
- Olha só Efron é bom você sair daqui antes que as alunas e a professora entrem e vejam vocês aqui.
- Vejo você mais tarde. –Zac roubou um selinho de Vanessa. – Tchau Selena. –ele falou olhando-a e saiu logo em seguida.
- Quem diria. –Sel a olhou sorrindo. – Quem diria que Vanessa Anne Hudgens iria ficar em pleno vestiário se agarrando com o um dos seus professores.
- É aprendi com as melhores. –Vanessa riu alto. – Pensei que nem viria mais hoje.
- Mudei de ideia.
- Aconteceu alguma coisa?
- Não.
- Selena? –ela insistiu.
- Não aconteceu nada.
- Selena?
- Caramba você é insistente. –Selena a olhou respirando fundo. – É serio não aconteceu nada.
- Eu vou fingir que acredito.
- Mais então. –Sel mudou de assunto. – Pelo visto não vai ser difícil cumprir a sua aposta.
- Ai é que você se engana, parece que o mundo está conspirando para que isso não aconteça.
- Como assim?
- Ontem quase rolou e agora a pouco também, mas você fez o favor de atrapalhar.
- Espera. –Selena a olhou. – Como assim “ontem quase rolou.” Eu quero saber disso agora.
- Vamos pros fundo do colégio. –Vanessa a puxou e as duas saíram do vestiário.
****
- Oi. –Vanessa falou rindo fraco assim que Zac abriu a porta da casa.
- Oi. –ele a puxou pela cintura fazendo com que seus corpos colassem. – Estava louco para que você chegasse. –ele falou dessa vez a prensando na porta.
- Tá apressado hoje. –Vanessa falou mordendo o lábio inferior.
- Espero que ninguém invente de atrapalhar hoje. –ele levou os lábios ate o pescoço da mesma onde depositou alguns beijos fazendo com que ela se arrepiasse.
- Eu também espero que não. –Vanessa mordeu o lábio inferior e ele voltou a beija-la. Vanessa já se encontrava com pernas em volta da cintura de Zac, o moreno a segurava pela bunda onde fazia questão de apertar forte. Com Vanessa ainda sobre o seu colo Zac subiu as escadas indo direto para o seu quarto, assim que chegou fez com que Vanessa descesse do seu colo, retirou a blusa que ela vestia desvendando os seus fartos seios  ainda cobertos pelo sutiã mais não por muito tempo. – Vamos ao que realmente importa Efron. –Vanessa falou sussurrando no ouvido dele e o empurrando de leve fazendo com que ele caísse sobre a cama.
Vanessa  tirou a própria calça ficando apenas de lingerie, Zac mordeu o lábio inferior imaginando como seria perfeito estoca-la fortemente fazendo com que ela gemesse seu nome. Rapidamente ele mesmo retirou sua bermuda ficando apenas de cueca box preta, Vanessa mordeu o lábio inferior ao ver o enorme volume que já se encontrava ali, engatinhou sobre o corpo do mesmo onde distribuiu beijos pelo pescoço, peitoral e barriga.
- Hum. –Vanessa gemeu após ser pega de uma forma não muito delicada que para outras meninas poderia ate ser desconfortável mais para ela foi prazeroso. Zac inverteu as posições e agilmente retirou o sutiã da morena desvendando seus seios fartos. – Nunca pensei que ficaria excitada por um professor ainda mais por você. –ela falou com um sorriso nos lábios enquanto ele beijava toda a extensão da barriga dela.
- É como dizem. –ele falou olhando-a e ao mesmo tempo retirando o pequeno pedaço de pano que ainda cobria a intimidade dela completamente encharcada. –“Nunca diga nunca.”
Vanessa riu por conta da frase e logo em seguida sentiu um beijo sendo depositado próximo a sua intimidade,
sem qualquer cerimonia Vanessa sentiu a língua do moreno adentrar sobre a sua intimidade enquanto o mesmo massageava seu clitóris. Vanessa gemia alto sem controle algum, a morena agarrou os lenções e arqueou as costas devido ao tesão que dominava seu corpo, Zac sabia e muito bem o que estava fazendo e por conta disso não demorou muito para que ela gozasse em seus lábios deixando tanto ela quanto ele com um sorriso satisfeito.
- Eu preciso de você e tem que ser agora. –o mesmo retirou a cueca que ainda estava sobre o seu corpo, esticou-se um pouco ate a pequena mesa ao lado da cama e retirou de lá uma camisinha. Devidamente protegido Zac voltou a se posicionar entre as pernas de Vanessa, sem qualquer aviso prévio ele penetrou arrancando um gemido alto dela, os movimentos eram rápidos e precisos não demorou muito e Vanessa chegou ao seu clímax sendo seguida por ele.
Sim era errado aquilo e ambos tinham noção disso, para Vanessa era apenas uma brincadeira que depois de cumprida nunca mais iria se repetir e para ele, bom pra ele seria apenas sexo, afinal que mal tem fazer parte do time dos professores tarados que transam com alunas? No seu ponto de vista nenhum afinal isso não iria se repetir não com frequência.
- Vanessa? –Zac a chamou e ela virou olhando-o. A mesma estava deitada sobre a cama a única coisa que cobria seu corpo era um lençol fino.
- Fala. –ela falou mordendo o lábio inferior observando seu corpo perfeitamente definido e vestido apenas com uma box.
- Que tal fazermos isso ai as vezes? –ele foi direto ao ponto.
- Isso o que? –ela se fez de desentendida  e ele a olhou com uma cara de que não estava brincando. – Sem sentimentos?
- Claro. –ele falou firme. – Sem sentimentos, apenas sexo.
- E por quê? Pelo o que eu me lembre você disse que não se envolveria com alunas. –ela falou tentando faze-lo mudar de ideia. Era confuso ela queria poder continuar com aquilo, mas ao mesmo tempo queria que aquela fosse a primeira e a ultima vez.
- Apenas desejo Vanessa. –ele a olhou. –Não posso negar o quanto você é gostosa.
- Eu sei. –ela falou rindo.
- Convencida. –ele riu fraco. – Então aceita?
- Aceito. –ela depositou um selinho leve nos lábios do moreno e o seu celular começou a tocar. – Minha mãe não vive sem mim na boa. –ela falou ao pegar o celular  vendo que era mãe.
Ligação on:
- Fala mãe.
- Onde é que você está?
- Na casa da Selena. –ela mentiu.
- Serio? Porque ela tá aqui.
- Eu tô com a Ashley. –Vanessa falou torcendo mentalmente para que ela acreditasse.
- Que seja Vanessa. –ela respirou fundo. – Lhe dou meia hora para chegar ok? Eu e seu pai vamos sair e a Selena vai lhe fazer companhia.
- Hoje tem hein dona Gina!? –Vanessa riu alto e sua mãe não se aguentou e riu junto.
- Para de ser idiota menina. –ela falou rindo. –Não demore.
- Ok.
Ligação off:
 - Já sei você precisa ir. –Zac falou quando ela desligou e o olhou.
- Infelizmente. –“o que? Infelizmente? Que porra é essa Vanessa Anne?” –ela pensou.
- Eu vou te levar. –Ambos pegaram as suas peças de roupas que estavam espalhados pelo quarto, vestiram e saíram logo em seguida.
****
- Bom dia turma. –Zachary falou entrando na sala de aula e com um sorriso no rosto.
- E alguém acordou bem feliz hoje. –um aluno qualquer gritou e Vanessa apenas o olhou rindo.
- Digamos que a tarde de ontem foi bem produtiva. –ele falou rindo safado e olhando disfarçadamente para Vanessa. – Mas como estou aqui para dar aulas e não pra falar da minha vida pessoal vamos ao que realmente importa?
- A gente não se importa em ouvir sobre sua tarde produtiva ao invés de termos aula. –um outro aluno falou tentando se livrar da aula.
- Muito engraçado senhor  Albuquerque. –ele falou rindo. Se fosse alguns dias atrás provavelmente Zachary teria dado uma boa resposta, mas como estava digamos feliz levou na brincadeira. –Pagina quarenta e cinco, por favor.
Os minutos ate que passaram rápidos e o sinal tocou, todos se apressaram arrumando seus pertences menos Vanessa que enrolou de proposito pra ficar na sala sozinha com ele, assim que todos saíram Vanessa caminhou ate a porta e fechou a mesma.
- Você não tem ideia do quanto é difícil ter olhar pra você e não poder toca-la. –Zac falou olhando-a da cabeça aos pês enquanto ela caminhava na sua direção.
- Faço das suas palavras as minhas. –ela parou em sua frente e envolveu seus braços no pescoço dele iniciando um beijo calmo. –Posso ir pra sua casa hoje? –ela perguntou após apartar o beijo, porem continuou com os braços envolta do pescoço dele e ele com as mãos sobre a cintura dela.
- Na verdade não. –ele falou e Vanessa o olhou confusa. –Pensei em sairmos hoje que tal?
- Sair? Eu e você? Se alguém nós ver…
- Eu sei. –ele a interrompeu. – É por isso mesmo que vamos a um restaurante um pouco afastado, é um lugar pequeno e quase ninguém conhece.
- Tudo bem então.
- Passo na sua casa?
- Não é melhor cada um ir por si.
- Ok.
- Eu preciso ir antes que eu me atrase. –ela retirou seus braços do pescoço dele mas ele ainda a segura pela cintura. –Me manda uma mensagem com o endereço?
- Mando. –ele sorriu fraco. – A gente se encontra lá as oito.
- Tá. –ela concordou e olhou para suas mãos. – Eu preciso ir. –ela falou se referindo ao fato de ainda está presa.
- Sem nenhum beijinho? –ele falou fazendo um bico e Vanessa riu baixo, se aproximou e selou seus lábios ao dele em um beijo rápido. – Só isso? –ele reclamou.
- Prometo recompensar a noite. –ela se afastou dele e antes de sair virou para olha-lo. –Até mais tarde. –ela mordeu o lábio inferior.
- Mal posso esperar. –ele riu safado e ela saiu logo em seguida.
****
- Apareceu a Margarida, olé, olé, olá. –Ashley cantarolou assim que Vanessa sentou-se à mesa entre ela e Selena. Para alivio de Vanessa sua aula de matemática passou rápido dando lugar ao tão querido intervalo. – Onde que você se meteu ontem dona Vanessa? –ela a olhou curiosa.
- Quem? Eu?
- Não meu avo. –Selena falou olhando-a.
- Ué o avo é seu e você vem pergunta justo pra mim? –ela tentou fugir do assunto.
- Ela tá uma palhacinha hoje. –Ashley voltou a prestar atenção em seu lanche. – Fala onde é que você estava?
- Eu estava no shopping. –ela mentiu.
- Você? Em um shopping, no dia da semana e sozinha? É piada né? –Ashley falou sabendo que se tratava de uma mentira. Ela conhecia a amiga e sabia o quanto a morena odiava ir ao shopping sozinha.
- Só pode né Ashley. –Sel falou rindo.
- Qual o problema?
- O problema minha querida Vanessa. –Selena virou para olha-la. – É que você esta mentindo, primeiro que você odeia ir ao shopping sozinha, segundo que se você estivesse mesmo lá teria comprado alguma coisa você não é de entrar lá e sair de mãos vazias e por ultimo você mentiu para a sua mãe dizendo que estava na minha casa junto com a Ashley.
- O que não é verdade. –Ashley completou.
- É serio gente eu estava no shopping. –ela falou firme. – Se eu não estivesse lá onde mais estaria?
- Na casa do Efron. –Selena foi direto ao ponto e Vanessa se engasgou com o suco que tomava. – Sabia. –ela falou sorrindo satisfeita.
- Eu não estava lá, e se estivesse aproveitaria a oportunidade para tentar cumprir a aposta.
- Alguma coisa me diz que essa não é a verdade. –Selena insistiu.
- Fala logo que você estava lá.
- Que saco. –Vanessa falou irritada. - Eu vou pra minha aula ok? Acreditem no que quiser. –Vanessa levantou e saiu largando as duas ali.
****
- Seu pai decidiu pedir o nosso jantar e ele quer saber se você prefere comida chinesa ou uma pizza mesmo. –Gina falou parando na porta do quarto de Vanessa. Já era noite e a mesma estava sentada sobre a cama com o notebook sobre seu colo, faltava pouco para que ela saísse e só estava conferindo suas redes socias.
- Na verdade eu não vou jantar em casa hoje. –Vanessa falou fechando o notebook e olhando pra mãe. – Já estou de saída ate.
- E pra onde você vai? –Gina a olhou. – Ou melhor, com que você vai?
- Com uns amigos.
- Esses amigos incluem a Ashley e a Selena?
- Não.
- A verdade Vanessa. –Gina a olhou seria.
- Eu vou sair com o Zachary ok? –Vanessa a olhou e a mãe dela a olhou assustada. – Não me olha assim.
- Você vai sair pra jantar com o seu professor?
- Não é um jantar ok? É mais uma lanchonete as provas estão próximas e ele vai apenas se mostrar como elaborar as provas do primeiro ano.
- Tudo bem contanto que esteja em casa as dez pode ir.
- Onze.
-Dez horas.
- Dez e meia? –Vanessa insistiu. – Nem um segundo a mais e nem a menos.
- Tudo bem dez e meia em ponto.
- Obrigada. –Vanessa sorriu largo e passou pela porta descendo as escada.
Passou pela sala dando apenas um “tchau” e soltando beijos no ar para o pai, caminhou ate a garagem e entrou no carro, pegou seu celular e confirmou o endereço dando  a partida logo em seguida.
Vanessa demorou uns vinte minutos para chegar ao tal restaurante, ela estacionou o carro e saiu antes de entrar olhou o local e ele tinha razão além de ser afastado o suficiente da cidade o lugar era pequeno e não tinha movimentação alguma, no pequeno estacionamento só havia três carros o dela, o outro de Zac que a mesma reconheceu na hora, e outro que provavelmente era de algum casal que conhecia o lugar e queriam ficar a sós.
Vanessa caminhou em direção a porta e entrou no restaurante olhou em volta e viu Zac sentado em uma mesa próxima a uma enorme janela, por algum motivo ela sorriu largo talvez felicidade por esta ali, caminhou ate onde ele estava e sentou-se ao lado dele recebendo um beijo leve na sua bochecha.
- Estava começando a achar que tinha mudado de ideia. –ele falou olhando-a. O lugar tinha a iluminação baixa deixando o ambiente com ar de romantismo.
- Não, eu  não faria isso com você. –ela falou sorrindo fraco. – Só os idiotas levaram um fora de Vanessa Hudgens.
- Bom saber que não sou idiota. –ele falou rindo. – Quer pedir? –ele falou olhando o cardápio.
- Quero você tem como? –ela perguntou mordendo o lábio inferior.
- Pra você? –ele a olhou sorrindo. – Sempre. –ele a segurou pela nuca e se aproximou colando seus lábios ao dela.
Quem olhasse de fora poderia jurar que eles eram apenas mais um jovem casal apaixonado, e talvez fosse mesmo o problema é que além de ser complicado o envolvimento deles  ambos negariam o que estavam começando a sentir um pelo outro.
Zac fez o pedido e Vanessa levantou para ir ate o banheiro, assim que entrou seu celular tocou ela o retirou da bolsa e viu no visor que era Selena, pensou em recusar mais sabia que a essa altura ela já sabia da sua saída com o Zac e se recusasse iria sofrer uma pressão psicológica na manha seguinte.
Ligação on:
- Fala pessoa que não vive sem mim.
- Só que não. –ela riu do outro lado da linha. – Bora fazer alguma coisa?
- Desculpa mais hoje não.
- Nossa vai me dispensar assim?
-O Nick tá ocupado né?
- Tá.
- Sabia.
- E a Ashley saiu resultado tô sozinha. –ela falou fingindo uma voz de choro e Vanessa riu.
- Awn tadinha dela.
- Onde a senhorita está que não pode sair hoje?
- Ah sai um pouco.
- Sozinha?
- Sim.
- Sei. –Sel riu sabendo que era mentira. – Bom eu vou desligar não quero atrapalhar a sua noite, beijos morena.
- Beijos morena.
Ligação off:
Vanessa desligou o celular e não demorou para voltar para a mesa, assim que saiu do banheiro olhou em direção a mesa e não ficou muito contente com o que via.
- Como é que você me achou aqui Giovanna? –Zac perguntou serio olhando-a.
- Digamos que um passarinho contou sem querer. –ela falou sorrindo. – Posso saber quem é vadia que tá aqui com você?
- Primeiro que se tiver alguma vadia aqui garanto que não é a mulher que está comigo e sim a que eu estou falando agora, em segundo lugar eu não devo satisfação da minha vida pra você.
- Que isso Zachary quanta agressividade. –ela falou sem dá muita importância com o que tinha acabado de ouvir. –Você costumava ser mais carinhoso. –ela falou levando as mãos para a nuca dele acariciando.
- Atrapalho? –Vanessa falou parando na frente deles.
- Claro né pirralha. –Giovanna falou olhando-a.
- Não claro que não. –Zac levantou e foi para o lado dela envolvendo seu braço na cintura dela.
- Espera. –Giovanna falou levantando e alterando seu tom de voz. – Você terminou comigo pra ficar com essa pirralha? –ela levantou irritada.
- Pelo visto ele cansou de visitar asilos. –Vanessa falou dando a entender que ela era velha e Zac apenas riu.
- Você esta me chamando de velha? –falou fuzilando Vanessa com o olhar.
- Acho melhor irmos né Zachary? –ela a ignorou e virou olhando para Zac.
- Tem toda razão. –ele concordou e puxou Vanessa de lá.
- Você vai se arrepender Zachary.  –ela gritou. – Eu vou acabar com a sua vida.
Zac optou por deixar o carro lá mesmo na manha seguinte ele iria busca-lo, os dois entram no carro de Vanessa e a morena deu a partida. Dirigiu por quase cinco minutos sem dá uma palavra se quer.
- Eu posso ao menos saber se devo me preocupar com aquela louca? –ela falou parando o carro no acostamento e retirando o cinto virando para olha-lo.
- Ela é inofensiva. –ele a olhou. – Ela não vai fazer nada.
- Era a sua ex namorada não era? –Vanessa perguntou depois de se lembrar do dia em que viu os dois na sorveteria.
- Como é que você sabe?
- Ela vai ficar no nosso pé agora?
- Vanessa relaxa, ela não vai fazer nada.
- Zachary você não sabe do que uma mulher furiosa é capaz.
- Vamos esquece-la ok? –ele olhou no relógio de pulso. –Vamos aproveitar o que resta dessa noite? –ele falou em tom de voz baixa e foi impossível negar aquele pedido.
- Pra sua casa? –ela falou sorrindo e voltando a dirigir.
- Pra minha casa. –ele falou sorrindo torto.
****
- Tira esse bico vai. –Zac falou indo ate Vanessa e ficando entre suas pernas. Eles resolveram ira para casa dele já que a Giovanna havia acabado com a noite, ambos estavam na cozinha e Zac esperava que a lasanha que estava no micro-ondas ficasse pronta e Vanessa estava sentada sobre o balcão. – Não precisa ficar assim.
- Ela acabou com a minha noite. –Vanessa o olhou.
- Ué vamos recomeçar então.
- Recomeçar? –ela olhou com uma cara safada.
- Ou pulamos algumas partes e vamos para o que interessa?
- Tô começando a gostar. –ele riu e colou seus lábios no dela.
Zac aproveitou e tirou a blusa que ela usava desvendando os seis fartos e rígidos da morena, ele apreciou aquela visão por alguns minutos e logo em seguida a colocou deitada ficando por cima dela. Levou seus lábios ate o seio direito dela, enquanto a sua mão massageava e apertava o outro, ele chupava com tanta força que por pouco a morena não teve seu primeiro orgasmo.
- Oh Zaac… –ela gemeu baixo no ouvido do moreno. Vanessa segurou firme nos cabelos do rapaz o incentivando a não parar porem foi em vão ele parou e se afastou olhando-a. Retirou o short e a calcinha da mesma jogando em algum canto daquela cozinha, passou dois dedos pela intimidade dela que já se encontrava envergonhadamente molhada. Ele riu satisfeito afinal era só ele chegar perto que Vanessa já se excitava isso piorava quando ele a tocava posicionou-se entre as pernas dela aproximando seu rosto da intimidade da mesma.
A respiração quente tão próxima assim à fez gemer, ela queria mais e quase o matou com o olhar quando ele depositou um beijo em sua coxa. Ele riu baixo mais uma vez por conta do desespero dela, se aproximou da intimidade dela sugando o seu clitóris.
- Ah caralho… –ela gemeu alto e sem que ela esperasse ele penetrou dois dedos nela, mais algumas estocadas fundas e precisas ela teve o primeiro orgasmo. –Wow. –ela falou com um sorriso nos lábios, não iria nem morta encher o ego dele. – Precisa de ajuda Efron? –ela falou mordendo o lábio inferior e olhando para o membro dele que estava espremido pela bermuda e pela box que ainda o prendia.
- Sim, mais eu dispenso essa parte. –ele retirou a calça junto com a sua cueca box. –Vamos ao que realmente importa. –ele se posicionou entre as penas de Vanessa e sem qualquer aviso ele penetrou dando uma forte estocada, a morena gemeu por conta da dor e do prazer que ela sentiu. Não demorou muito e Vanessa teve o segundo orgasmo, em um movimento rápido ele a colocou de quatro e voltou a penetrar dessa vez com movimentos mais leves mais não por muito tempo. Ele aumentou o ritmo e em algumas vezes retirava seu membro e voltava a estocar forte tocando o fundo dela algumas vezes, as estocadas começaram a tomar um ritmo acelerado e minutos depois Vanessa já sentia o seu terceiro orgasmo, Zac se movimentou mais algumas vezes tendo o seu orgasmo e prolongando o dela.  Vanessa virou e caiu deitada sobre o balcão seu peito subia e descia de maneira desesperadora a procura de ar, o mesmo acontecia com Zac, os dois ficaram ali até que a respiração de ambos voltassem ao normal.



Hey meninas,desculpem o sumiço mais é que meu emprego consome muitooo minhas energias hehe
Espero que curtam o capítulo e comentem muuuuiiitooo
Bom é isso
até qualquer
muchos besos
xoxo





3 comentários:

  1. Ficou perfeito o o capitulo, amei ver zanessa juntos. Bjosss posta mais e não demore por favor a fic ta ótimaa

    ResponderEliminar
  2. So hot, so perfect
    Ameeeei o capítulo ♡♡♡♡
    Essa fic tá cada vez melhor
    Posta mais amr, xoxo

    ResponderEliminar
  3. So hot, so perfect
    Ameeeei o capítulo ♡♡♡♡
    Essa fic tá cada vez melhor
    Posta mais amr, xoxo

    ResponderEliminar